quinta-feira, 27 de julho de 2017

Bombeiro Militar Adventista coloca Deus em 1° lugar




Meu nome é Pablo Alexandre Zander, tenho 36 anos sou casado e sou soldado do Corpo de Bombeiros na cidade de Ponta Grossa Paraná. O ano era 2010, Escola de Formação de Soldados do Corpo de Bombeiros, passei tarde no concurso, já estava com 29 anos de idade. Iniciamos as atividades da Escola de Formação de Soldados e tudo corria bem pois as atividades eram de segunda a sexta das 7 horas às 17:30 da tarde em uma ocasião foi marcada uma instrução no dia de sábado então eu expliquei ao sargento e a um instrutor da matéria que eu não poderia comparecer por ser adventista do sétimo dia, expliquei a ele rapidamente como funcionava o sábado para mim e sobre a minha ideologia Cristã.

O instrutor da matéria me liberou prontamente e disse que não haveria prejuízo desde que eu fizesse a prova junto com os demais e atingisse a média. Fiquei feliz pela decisão dele, porém o tenente que era o coordenador da escola me chamou e disse que não poderia abrir esse precedente pois se abrisse para um teria que abrir para todos, então educadamente, amigavelmente eu expliquei para ele sobre meu posicionamento Cristão e que eu não iria negociar meus princípios e estaria disposto a arcar com as consequências para defender o Deus em quem eu acredito e assim foi, houve aula no sábado e eu não compareci, então o Xerife da escola comunicou ao chefe imediato e eles fizeram uma parte sobre a minha atitude, essa parte foi lida em boletim na frente de toda a tropa e eu fui para ser julgado. Eles me deram oportunidade de fazer uma razão de defesa e eu mesmo fiz de próprio punho explicando sobre a minha ideologia Cristã e sobre a importância do sábado para mim, porém foi indeferida e eles me condenaram a dois dias de detenção, leram o meu nome na frente de toda a tropa, foi bem humilhante. 
Como se não bastasse isso fiquei tachado pejorativamente por ser guardador do sábado, por onde eu passava vários superiores me chamavam e diziam que eu era burro por estar fazendo e tendo aquela atitude, tentando me provar o contrário, porém me mantive firme. Então fui preso e fiquei dois dias preso no quartel. Hoje graças a Deus sou uma pessoa muito respeitada lá dentro por defender os meus princípios e sou muito bem visto como Cristão nunca saímos perdendo por fazer o que é certo perante Deus. Deus em primeiro lugar sempre!
Fiz a prova da disciplina e passei com nota muito acima da média não só nessa prova como em todas as matérias e até hoje sou visto como um dos melhores soldados da minha escola.

Soldado Pablo

12 comentários:

  1. Glória a Deus. Parabéns pela coragem exemplo. Na teoria parace simples mas quando a situação é colocada diante de nós é que percebemos a dimensão do que está envolvido.

    ResponderExcluir
  2. Glória à Deus, Zander. O seu Deus é o mesmo de Sadraque, Mesaque, Abdnego, Daniel e de tantos outros. Ele não esquece daqueles que o respeita. Parabéns pelo testemunho. Siga em frente. Os que te chamaram de burro, chamaram pela ignorância. Deus entenderá.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo exemplo Pablo. Princípios não são negociáveis. Admiro você!!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns Pablo! Seja sempre firme nos seus propósitos.
    O mundo precisa de homens,que não se comprem e não se vendam, homens que se mantenham firmes pelo que é certo mesmo que caiam os céus...

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Parabens Pablo, lindo seu testemunho. Que Deus continue te abençoando muito.

    ResponderExcluir

Se necessitar contato direto deixe e-mail para retorno. Obrigado pela participação.