terça-feira, 15 de agosto de 2017

Adventista testemunha como se tornou Capitão do Exército dos EUA

Não gosto de falar de mim mesmo, mas acho que servirá de incentivo para quem é novo na fé. 
Sou adventista desde criança, fui a um culto de semana santa, gostei e puxei toda a família, inclusive meu pai "militar" e restrito, mas ser o único filho homem no meio de muitas irmãs tem suas vantagens.
Eu e minhas irmãs fomos batizados e meus pais se tornaram seguidores não batizados.
Influenciado por meu pai fiz um "teste" para oficial do exército brasileiro, passei e outra vez influenciado por amigos, abandonei e fui cursar Teologia no antigo IAE, fiz os quatro anos para ser Pastor e paralelamente quatro anos para ser Administrador de escolas. 
Ser pastor não estava no meu coração, fui convidado por uma grande Empresa para administrar uma escola em São Paulo.
Fiz uma excelente administração, mas ganância, arrogância e egoísmo me fizeram afastar de Deus. Perdi o emprego, meu casamento e  a esperança, meu mundo desmoronou.
Me senti como Jonas no interior do peixe. A única coisa que me restava era a oração, orei e Deus me fez sonhar.
Sonhei que estava com um uniforme militar e estava bem distante. 
Semanas se passaram e uma pessoa amiga de um amigo, me convidou para ir arriscar a vida nos Estados Unidos. 
Então veio a ideia de fazer um Doutorado nos EUA. Coincidentemente uma irmã da igreja que não me conhecia pessoalmente teve um sonho, neste sonho eu entrava num outro país com um terno azul, semanas depois eu consegui o visto e vim para o EUA.
Ingressei numa Universidade, e curiosamente quando fazia uma pesquisa de Saúde, misteriosamente apareceu uma página (pop-up) oferecendo informações sobre o Exército Americano, fiz algumas perguntas, na manhã seguinte, um Sargento apareceu em minha porta dizendo que seu Coronel mandou um convite para que eu ingressasse no Exército, mas pediram que eu não continuasse o meu Doutorado e sim ingressasse na área de saúde.
Ingressei no Exército Americano, Batalhão Médico do Fort Sam Houston, Texas. 
Neste momento estou aguardando ordens para reingressar novamente e se for vontade de Deus, tratar e salvar vidas americanas e do inimigo, tudo pela causa maior que sempre será, preparar para a volta de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Capitão Martins US Army

3 comentários:

  1. Irmão Martins, quando vemos estas lutas árduas e vitórias posteriores faz-nos acreditar ainda mais que Deus tem um propósito para nós e que Ele nunca está distante de nós. A sua luta e persistência no cumprimento da palavra fez Deus reconhecer seu esforço. Ele te contemplou pela sua fé. Parabéns! Que Deus continue abençoando os seus dias e iluminando sua mente e coração. Siga o caminho do Senhor.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde. Sou adventista desde 2014,sou inspetor penitenciário aqui no ES. Vi este site esta semana nunca tinha visto falar no próximo congresso quero participar. Só não vou neste porque não sei se posso ir e também não separei dinheiro para esta missão. Muito boa a iniciativa e gostaria de pelo menos comprar a camisa e postem fotos para eu mostrar aqui.
    João Paulo evangelista dos Santos
    Joao91logistica91@hotmail.com
    027-99844-2189

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão, você pode ir sim, na verdade será uma bênção termos representantes do Espírito Santo, vamos entrar em contato com vc.

      Excluir

Se necessitar contato direto deixe e-mail para retorno. Obrigado pela participação.